seja bem-vindo ao nosso site!

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Escola incentiva aluno a escrever carta de despedida e mãe acha que filho ia se suicidar

Professores de uma escola secundária da cidade de Staffordshire (Inglaterra) solicitaram aos alunos a elaboração de uma redação. O objetivo dos professores era que os alunos fossem criativos, e que escrevessem uma carta como se tivessem uma doença terminal e apenas algumas horas de vida. Tinham também que fazer menção ao enterro. Pois bem, Wesley Walker, de 14 anos, pôs mãos à obra, mas dali saiu algo aterrorizador. O jovem escreveu uma carta (foto), para a sua mãe se despedindo: "Estou escrevendo isto para te dizer adeus e para agradecer por me teres dado vida. Por favor, não chore. Seja forte por mim", foram algumas das frases escritas pelo rapaz, que pediu ainda um favor para o seu funeral: "Quero ser lembrado pelos momentos bons e felizes. No meu funeral, peça que todos estejam presentes vestidos com cores vivas, como a minha personalidade", escreveu. Como despedida, no final, o jovem britânico desenhou um coração e alguns beijos: "Muito amor, de Wesley". Vicki Walker, a mãe, levou um susto quando leu a carta: "Ele me entregou a carta e subiu para o quarto. Só a li depois de alguns minutos. Desesperada, subi as escadas, achando que ia encontrá-lo morto na cama. As escolas não deveriam pedir que os alunos façam isso", disse a mãe, ainda assustada com a situação. A escola já pediu desculpas publicamente. Contudo, um porta-voz afirma que não vê problema algum neste caso, visto que o objetivo era trabalhar a capacidade criativa dos alunos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
A maioria do conteúdo deste site foi retirado da Internet, por isso, não nos responsabilizamos e nem temos direitos autorais sobre as imagens e textos. Caso algum conteúdo seja de sua autoria, favor nos contatar, para que possamos remover ou colocar os devidos direitos autorais.Copyright© 2013-2017